Skhizein – Animação (um encontro com o meteoro da linguagem)

O CEPP agradece a dica e as contribuições de Loren Alyne Costa que, mesmo distante, interferiu positivamente em nosso seminário sobre o trauma. Através de sua análise sobre a animação Skhizein, pudemos, nesse último sábado, discutir como o encontro com esse meteoro chamado linguagem nos divide e nos lança em uma tentativa de escrever aquilo que não cessa de não se escrever. O vídeo serviu como uma bela metáfora do que vínhamos discutindo no seminário e com certeza ainda será utilizado em nosso próximo encontro, quando daremos continuidade à discussão sobre Tiquê e Automaton e o conceito de repetição que aparece no Seminário 11 de Lacan.

Nosso próximo encontro será dia 08 de novembro, sábado, às 10h.
Aguardo a presença de todos os participantes.

Seminário Metapsicologia (2a Tópica)

Segunda Topica

Seminário CEPP – “Trauma, excesso e regulação: o que a psicanálise tem a dizer”

Seminario 2014 2

Dando prosseguimento aos estudos anteriores do CEPP – que após abordar a política da psicanálise na contemporaneidade contemplou o saber da criança em nossos dias – elegemos para o segundo semestre de 2014 o tema: “Trauma, excesso e regulação: o que a psicanálise tem a dizer?”. Com isso pretendemos não apenas continuar abordando os temas anteriores – questionando o que é traumático em nossa sociedade atual e discutindo como as crianças são impactadas pelo real – como também fazendo um retorno a Freud e Lacan para entendermos a origem e os usos do conceito “trauma” na teoria psicanalítica. Continuaremos ofertando os dois seminários de metapsicologia (1ª e 2ª tópica) e iniciaremos o seminário com a temática semestral: “Trauma, excesso e regulação: o que a psicanálise tem a dizer?”. As atividades do CEPP começarão no dia 30 de agosto e aguardamos vocês. Outras possíveis atividades do CEPP serão divulgadas adiante. Para maiores informações, clique na figura acima.

 

Bom estudo a todos e um ótimo semestre

Humberto Moacir de Oliveira

Coordenador do CEPP

Seminário Metapsicologia Freudiana – 1o Tópica

Meta 1Meta 2

 

Núcleo de Psicanálise e Saúde Mental

Fiquem atentos. Para sabe a programação do Núcleo para esse semestre, clique na imagem abaixo.

 

Seminário CEPP (último encontro dia 31 de maio)

Imagem
No próximo sábado, dia 31 de maio, às 10h, encerraremos nosso Seminário “O (que) saber da criança no século XXI?”. Nesse último encontro tentaremos responder à pergunta: a adolescência passa? Para isso, nos inspiraremos na biografia da paciente atendida por Freud no início do século XX que ficou conhecida como a Jovem Homossexual.
.
A pedido de seus pais, Sidonie Csillag – pseudônimo escolhido pelas biógrafas Ines Rieder e Diana Voigt – procura o Dr. Freud após uma grave tentativa de suicídio que quase lhe tira a vida. O curto tratamento com Freud, suas três tentativas de suicídio, os grandes amores que teve e as inúmeras viagens feitas em seus 100 anos de vida, são narrados no livro Desejos Secretos: a história de Sidonie C., a paciente homossexual de Freud.
.
“Mas, internamente, Sidonie [então com 34 anos] está tão transtornada como uma garota de dezessete anos. Nada mudou, as batidas do coração, a excitação e a alegre expectativa de encontrar uma mulher adorada ainda são as mesmas, e Sidonie está feliz por não ter perdido essa efervescência após tantos anos. “Sempre sentirei isso”, pensa, com prazer”.
RIEDER, I. & VOIGT, D, 2008, p.205.
.
De fato, a última paixão de Sidonie é aos 96 anos.
Abraços e até sábado.
Beto Oliveira

Os sete gatinhos (debate sobre peça de Nelson Rodrigues – 24/05, às 10h)

Amanhã, dia 24 de maio retomamos o seminário “O (que) saber da criança no século XXI” refletindo sobre a adolescência como sintoma da puberdade a partir da peça “Os sete gatinhos”, do dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues. Pensaremos a atitude de Silene (personagem de Nelson) e de Moritz (personagem de “O despertar da primavera”) à luz da distinção entre “acting out” e “passagem ao ato” proposta por Lacan no Seminário 10.

“Fel de sobremesa / Misturando liberdade presa / Com pobreza (..) Bem que eu falei / Sangue se pode evitar”. (E. Carlos & R. Carlos)

No link, vídeo da música “Os sete gatinhos” de Erasmo Carlos e Roberto Carlos para o filme de Neville d’Almeida.

Seminário sábado (24/05/2014)

Neste sábado, retomando o seminário “O (que) saber da criança no século XXI”, introduzimos a discussão sobre o Adolescente e apresentamos a leitura que a Psicanálise faz da adolescência como sendo um sintoma da puberdade. No próximo sábado, dia 24 de maio, voltaremos ao debate a partir da peça “Os sete gatinhos”, do dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues. Poderemos então retornar à discussão sobre a atitude de Moritz, personagem de “O despertar da primavera” e relacioná-la com o ato de Silene, personagem de Nelson.

“Assim é Silene: uma virgem atravessada de luz. E de tanto adorar minha filha, eu descobri que, entre todas as meninas da Terra, só ela é virgem, só ela é menina…. Mas se está grávida…”

(frase do Sr. Noronha, personagem de “Os 7 gatinhos”, de Nelson Rodrigues).

Abraço a todos e até o próximo sábado.

Beto OliveiraImagem

Seminário CEPP (Próximo encontro 17/05/214 às 10h)

 

O temaimage dos três últimos encontros do seminário “O (que) saber da criança no século XXI” será a Adolescência. Nosso próximo encontro será dia 17 de maio, às 10h, e nossa discussão partirá da peça “O despertar da primavera”, do dramaturgo alemão Frank Wedekind. A peça narra a vida de alguns adolescentes na virada do século XIX para o século XX e chegou a ser prefaciada por Jacques Lacan na segunda metade do século passado. Em nosso seminário discutiremos, a partir da psicanálise, o que é despertado na adolescência e como pensar esse despertar nos tempos de hoje, mais de um século depois da peça ser escrita.

 

Nos vemos dia 17 de maio.

Abraços

Beto Oliveira

Coordenador do CEPP

 

Remédio para o amor? É isso mesmo?

« Older entries

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.